Vereador de SP, Arnaldo Faria de Sá morre aos 76 anos

67 0

Ele também foi advogado, professor, deputado federal por oito mandatos, e presidente da Portuguesa de Desportos

Morreu Arnaldo Faria de Sá, vereador da cidade de São Paulo, aos 76 anos, nesta quinta-feira (16). Até o momento, não foi divulgada a causa da morte do político. Faria de Sá também foi advogado, professor, deputado federal por oito mandatos, e presidente da Portuguesa de Desportos entre 1990 e 1993.
Pelo Twitter, o Progressistas comunicou o falecimento. “Informamos com muita tristeza o falecimento do nosso eterno líder, Arnaldo Faria de Sá. Que Deus conforte toda família e amigos. A Família Progressista perde um grande homem e líder político.”
No fim da manhã desta quinta-feira (16), o presidente da casa, Milton Leite, divulgou uma nota lamentando. “Lamento profundamente o falecimento do vereador Arnaldo Faria de Sá. Advogado, professor e deputado federal por oito mandatos, Faria de Sá trabalhou praticamente a vida toda pela defesa dos idosos e pelos direitos dos aposentados e pensionistas”, disse Leite
Na Câmara Municipal de São Paulo, Faria de Sá era o presidente da Comissão do Idoso e Assistência Social. “Fará muita falta como vereador parceiro e combativo na luta pela aprovação dos Projetos de Lei importantes para São Paulo”, completa a nota.
Pelas redes sociais, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, também lembrou o vereador. “É com grande pesar, em nome da Câmara dos Deputados e pessoalmente consternado, que comunico o falecimento do ex-deputado Arnaldo Faria de Sá. Notório regimentalista, foi deputado constituinte, eleito por oito mandatos para a Câmara Federal por São Paulo.”

Quem foi Arnaldo Faria de Sá

Arnaldo Faria de Sá, nasceu em São Paulo em 30 de Dezembro de 1945. Iniciou sua carreira profissional como office-boy, foi contabilista, advogado e professor.
Na política, além de deputado federal por oito mandatos, foi secretário Municipal de Esportes e de Governo da cidade de São Paulo. coordenador e um dos fundadores da Frente Parlamentar em Defesa da Previdência Pública.
Faria de Sá se destacou ao ser um dos principais defensores dos aposentados e pensionistas do serviço público e do INSS durante as votações das reformas das Previdências dos governos FHC, Lula, Dilma e Temer – além de ser responsável pela aprovação em dois turnos da PEC Paralela da Previdência (EC 47/03).
O vereador foi membro da Comissão do Estatuto do Idoso (Lei 10.741/03), que teve regulamentada a passagem intermunicipal rodoviário e a redução do limite de idade para 60 anos (antes 65 anos) e da Comissão que gerou a Lei que garante a concessão do benefício mesmo com a perda da condição de segurado e carência (Lei 10.666/03). Em fevereiro de 2019, assumiu a Subprefeitura do Jabaquara.

Veja Também

%d blogueiros gostam disto:

Net @ - sites para internet