SÃO MANUEL ABRE VACINAÇÃO CONTRA A INFLUENZA PARA TODOS OS PÚBLICOS

42 0

Oslean do Carmo – Gestor de Comunicação
Prefeitura Municipal de São Manuel

Diretoria de Saúde informou que todos os postos estão abertos para receber pessoas fora do grupo prioritário

São Manuel abriu a campanha de vacinação contra a Influenza para todos os grupos nesta segunda-feira, 12. A vacinação será realizada em todos os postos de saúde, das 08h às 11h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.
Até o momento, o município vacinava crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde. Além destes grupos, os idosos acima de 60 anos, professores, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, forças armadas e os caminhoneiros também estavam entre os grupos prioritários.
Por fim, ainda estavam incluídos os trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade. Vale ressaltar que a vacina aplicada contra a Influenza combate os subtipos A (H1N1 e H3N2) e influenza B.
São Manuel concluiu na última sexta-feira, 9, a 24ª Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe que, desde o dia 12 de abril, imunizou contra o vírus influenza 7.944 pessoas, o que corresponde a 54,5% dos integrantes dos grupos prioritários.
As pessoas que já completaram as duas doses do ciclo vacinal contra Covid-19 há mais de 14 dias podem receber o imunizante contra o Influenza. Apenas os que tiverem a segunda dose agendada em menos de 14 dias devem adiar a vacinação contra a gripe. Só estão temporariamente impedidas de se vacinar contra o vírus Influenza pessoas que estão com Covid-19 ou que tiveram alta há menos de 28 dias.
A Diretoria de Saúde reforça a importância da vacinação contra a gripe principalmente para evitar quadros febris, respiratórios e comprometimento da imunidade, que podem potencializar a ação do coronavírus. O Ministérios da Saúde, por sua vez, ressalta que a gripe é mais comum no inverno, em especial em meio à pandemia, e que a vacina evita que mais casos graves de doenças respiratórias ocupem os leitos dos hospitais.

Veja Também

%d blogueiros gostam disto:

Net @ - sites para internet