Campanha do Agasalho é encerrada e roupas são higienizadas para serem entregues às famílias

1818 0

Ação aconteceu em parceria entre Fundo Social de Fartura e Educação; famílias acompanhadas pela Coordenadoria de Assistência e Desenvolvimento Social receberão as doações

Organizada pelo Fundo Social de Solidariedade de Fartura a Campanha do Agasalho 2021 chegou ao fim no último dia 18 de junho. De acordo com informações da coordenadora de Assistência Social, Patrícia Braga, devido à pandemia, o número de doações foi considerável, mas não atingiu os objetivos das Pastas.
A Campanha aconteceu com a parceria da Coordenadoria de Educação, que disponibilizou os pontos de coleta. As roupas e calçados foram higienizados pelo Fundo Social e a Coordenadoria de Assistência e Desenvolvimento social está organizando a distribuição nos próximos dias às famílias acompanhadas pela Pasta.

Inverno Solidário

A Prefeitura, por meio do Fundo Social de Solidariedade do município, está participando da Campanha “Inverno solidário 2021”, promovida pelo Fundo Social do Estado de São Paulo. Com isso, Fartura está adquirindo mantas para serem destinadas às famílias em situação de vulnerabilidade social, também acompanhadas pela Coordenadoria de Assistência e Desenvolvimento Social de Fartura, por meio do Cadastro Único.
A Campanha Inverno Solidário 2021 incentiva a distribuição e arrecadação de cobertores novos para ajudar a população mais necessitada a enfrentar os períodos de frio. Para mais informações os moradores podem procurar o presidente do FSSF, Carlos Magno, ou a coordenadora de Assistência e Desenvolvimento Social, Patrícia Braga.
A Coordenadoria de Assistência Social está situada à Rua Mário Stella, 265, no Centro de Fartura. O telefone para mais informações é o (14) 3382-4001.

População de rua

A Coordenadoria de Assistência e Desenvolvimento também informa que presta atendimentos constantes às pessoas em situação de rua. No município há oito nestas condições. Todas, após serem atendidas, passam por acolhimento individual e são encaminhadas para outros serviços necessários, como Saúde. A Coordenadoria entrega cestas de alimento, cobertor e Kit Higiene a esses farturenses. “Semanalmente realizamos este acompanhamento”, frisa Patrícia Braga.
Estado garante auxílio de R$ 300 por mês a familiares de vítimas da Covid-19
O Governador João Doria lançou na última terça-feira (29) o programa SP Acolhe, que oferece auxílio mensal de R$ 300 a famílias vulneráveis que perderam ao menos um integrante de seu núcleo de convívio por Covid-19, desde o começo da pandemia. Este é um dos benefícios do Bolsa do Povo, maior programa de proteção social já anunciado pelo Governo de São Paulo.
A iniciativa beneficiará famílias inscritas no CadÚnico, com renda mensal de até três salários-mínimos. O auxílio vale para quem perdeu pai, mãe, avô, avó, filho, filha ou outro parente, desde que a morte tenha ocorrido dentro da família. O programa considera todas as estruturas familiares, exceto a unifamiliar (uma única pessoa), com filhos de todas as idades.
O programa oferecerá até R$ 1,8 mil para cada família, que será pago em seis parcelas mensais de R$ 300, entre os meses de julho e dezembro de 2021.

Veja Também

%d blogueiros gostam disto:

Net @ - sites para internet