Fartura emite novo Decreto instituindo a “Quarentena Racional Emergencial”

72 0

“A situação é delicada e alarmante”, definiu o coordenador de Saúde, Renan de Oliveira, justificando as novas medidas adotadas pela Gestão Municipal

A partir da próxima segunda-feira (12/04), passará a vigorar a “Quarentena Racional Emergencial”, no município de Fartura. O Decreto foi emitido nesta noite de sexta-feira (09/04), e prevê inúmeras restrições de circulação, visando reduzir o contágio da Covid-19 no local. Os supermercados só poderão trabalhar com sistema “delivery”, sendo o dia 11, o último dia de atendimento presencial. O Decreto vigora por 14 dias, até 25 de abril.
A decisão foi anunciada durante uma “live”, onde coordenadores municipais da Saúde; Indústria, Comércio e Emprego; Assistência Social e Educação estiveram presentes. O prefeito explicou que foram três dias de reuniões com representantes de todos os segmentos da comunidade e que a união das ideias gerou a chamada “Quarentena Racional Emergencial”. O coordenador de Saúde, Luís Renan de Oliveira, foi enfático ao citar que: “a situação é delicada e alarmante”. A Santa Casa de Misericórdia trabalha com 100% dos leitos de Covid-19 ocupados e a possível falta de insumos preocupa a diretoria do Hospital e as autoridades farturenses.
O aumento dos óbitos, de seis no mês de janeiro, passou para 21 em abril, assim como os casos positivos para a infecção, que de 567, no início do ano, foram para 1.162 em abril. Esses dados foram considerados fundamentais para que a Prefeitura emitisse o novo Decreto, visando assim, evitar um “Lockdown”, com medidas ainda mais rígidas. Além das inúmeras restrições, foi anunciado que Fartura contará com 30 fiscais nas ruas, em sua maioria voluntários, que ajudarão a Prefeitura neste trabalho de manter a população em casa e seguindo as medidas sanitárias. Outra ação diz respeito à implantação de três barreiras sanitárias, nas principais entradas da cidade. As demais serão fechadas.
O prefeito anunciou que o “Polo Covid”, a ser inaugurado na próxima semana, receberá os casos de suspeita de Covid-19 a partir de segunda-feira (12/04). Desta forma, os postos de saúde não poderão ser procurados por este grupo de pacientes a partir desta data. O prefeito anunciou também o “Projeto C0”, que implanta o acompanhamento ativo dos casos positivos. “Cada paciente será acompanhado; saberemos detalhes e isso ajudará muito no controle da pandemia no município”, cita Filé.
A coordenadora de Desenvolvimento e Assistência Social, Patrícia Braga salientou que “quem estiver precisando de ajuda, deve procurar a Pasta Social. Apenas o CRAS José Ubirajara Teixeira estará aberto para atendimento público, sendo o telefone para contato o (14) 3308-9200”. Luciano Filé divulgou que a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Marcia Oliveira, está formulando ações em conjunto com líderes religiosos e que, em breve, as ações serão divulgadas nas redes oficiais da Prefeitura.
Já Pedro Langeli, vice-prefeito e coordenador de Indústria, Comércio e Emprego, divulgou sobre a lei que prorrogou o vencimento de impostos e taxas para os comerciantes, migrando os pagamentos para os três últimos meses do ano. O prefeito informou sobre um projeto considerado de extrema importância, tratando-se do auxilio aluguel, destinado ao microempreendedor individual. “Após muita reflexão, enviaremos para a Câmara o Projeto de Lei, que visa autorizar o pagamento, por três meses, de 50% do valor do aluguel de cada microempreendedor”, enfatiza.
A coordenadora da Educação, Tania Pereira, anunciou que o recesso escolar de julho foi antecipado e todas as atividades estão suspensas durante os próximos 15 dias. Já sobre as escolas estaduais, informou que os trabalhos continuarão de forma remota. Ela também divulgou que o Kit Merenda, será entregue no final do mês de abril; e trouxe mais detalhes sobre a vacinação da classe.
O prefeito também anunciou que os moradores que forem flagrados pelos fiscais sem máscaras, em primeiro momento, serão orientados e cadastrados, além de receberem a máscara. Se forem flagrados pela segunda vez, terão que pagar multa. “Intensificaremos a fiscalização nos ranchos, tanto para locadores e locatários, onde várias notificações já foram feitas pela Vigilância Sanitária”, frisou. O Disque Denúncia – Combate ao Coronavírus, também já registrou centenas de aglomerações indevidas, apontadas por moradores.
O novo Decreto rege ainda que as Agências bancárias somente poderão funcionar internamente e os cultos e missas continuam suspensos, sendo permitidos apenas de forma virtual. “Queremos a redução dos contaminados, das hospitalizações e, principalmente, das mortes. Somente com todos vacinados, poderemos voltar à vida normal e, para isso que estamos lutando e fazendo o nosso trabalho”, conclui o prefeito.
Para ler o decreto na íntegra, acesse: http://leismunicipa.is/fxlgy

Veja Também

%d blogueiros gostam disto:

Net @ - sites para internet