AVARÉ CONTRA O CORONAVÍRUS – Assistência Social intensifica ações junto à população vulnerável durante pandemia

47 0

Paralelamente, pasta mantém serviços contínuos quem incluem orientação, acolhimento e alimentação, entre outros

Desde março, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Semads) vem traçando ações no enfrentamento à Covid-19 através de monitoramento e orientação à população em situação de vulnerabilidade.
A condição incluiu pessoas em situação de rua, idosos, casos emergenciais e aqueles que necessitam de questões básicas como alimentação.
O trabalho junto a pessoas em situação de rua é diário, informa a pasta. Após reunião entre Defesa Civil, Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal da Saúde, Serviço Especializado em Abordagem Social (SEAS) e técnicos foi elaborado o Serviço Emergencial.
Na fase inicial, a ação acolheu o público-alvo no Ginásio de Esportes “Kim Negrão”. O trabalho contou com a parceria da Secretaria Municipal de Esportes, de voluntários da sociedade civil e da Guarda Municipal.
Numa segunda etapa, a iniciativa teve continuidade no Centro Social Urbano (CSU), que conta com mais infraestrutura e acomodações individuais. Além da disponibilização de acomodação, o serviço oferece alimentação para os acolhidos.
Paralelamente, a equipe do SEAS continua realizando a abordagem junto a pessoas que, por vontade própria, permanecem nas ruas.

Testes de saúde
Diante da preocupação com o estado de saúde e o aumento de casos de Covid-19 no município, foi realizada ainda ação em conjunto com a Vigilância Epidemiológica que incluiu testes para diagnóstico de tuberculose, hepatite, sífilis e HIV.
Enquanto durar a pandemia, o Serviço Emergencial também vai ofertar um curso básico de panificação aos que aderirem ao acolhimento.
“Vemos como forma prioritária para a reinserção a oferta de ferramentas que possibilitem asaída das ruas”, avalia a secretária Adriana Moreira Gomes, titular da Semads.

Serviços permanentes
Já como serviço contínuo há a Casa de Passagem. São disponibilizadas refeições, repouso, banho, higiene em local estruturado com equipe técnica, monitoria, serviços gerais, cozinheiras e motorista.
O órgão recebe pessoas em situação de rua de Avaré e trecheiros, estes últimos podendo permanecer na entidade entre 3 e 90 dias após avaliação técnica.
Paralelamente, a equipe do SEAS fornece passagens de ônibus para que aqueles que desejam seguir seu caminho.
“Estamos finalizando a adequação do novo espaço da Casa de Passagem que contará com espaço para horta e compostagem, trabalho em conjunto com o Instituto Federal (IFSP) que muito nos honra pela seriedade e compromisso junto aos trabalhos desenvolvidos no município”, continua a gestora.
O município conta ainda com o Serviço Social que avalia demandas, faz encaminhamentos ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e à rede municipal de saúde, viabiliza questões documentais e o contato com os núcleos familiares na tentativa de reorganização social, bem como orientações e estudos de casos na tentativa de nova composição familiar.

Trabalho em conjunto
“O município possui um serviço bastante eficiente para garantir a saída das ruas. Porém, ressaltamos sempre a necessidade de um trabalho conjunto com a sociedade, através da erradicação da oferta de dinheiro e demais produtos”, conclui a Semads.

Veja Também


Net @ - sites para internet