Cantor sertanejo Juliano Cezar morre aos 58 anos

208 0

O cantor sertanejo Juliano Cezar, de 58 anos, faleceu na madrugada desta terça-feira (31), após sofrer uma parada cardiorrespiratória durante um show na cidade de Uniflor, no Paraná. Apesar das tentativas de reanimação, não houve recuperação. O artista será velado e sepultado na cidade de Passos, em Minas Gerais. Não foram divulgados detalhes sobre o horário do funeral.
Segundo informações de sua assessoria, Juliano realizava normalmente o show quando começou a se sentir mal ainda no palco. Socorrido pela equipe médica de plantão recebeu massagem cardíaca e na sequência aplicações de adrenalina. Toda a prestação de socorro durou cerca de uma hora e trinta minutos até que o óbito foi declarado. A Explosion Music, empresa responsável pela carreira do cantor, confirmou o falecimento por volta das 6h.

Carreira
Após ser peão e fazendeiro, Juliano Cezar iniciou sua carreira como cantor em 1985. Utilizou suas economias para gravar seu primeiro disco de forma independente. Em 1990, morando em São Paulo, lançou seu primeiro álbum por uma gravadora, intitulado Tarde Sertaneja que continha suas composições e seu primeiro sucesso “Não aprendi dizer adeus”, que depois foi regravada pela dupla Leandro & Leonardo.
Após uma viagem para a cidade americana de Nashville, considerada como a Meca da música country, Juliano resolveu enveredar para o ritmo americano e consolidou sua carreira. Chegou a virar apresentador de programas da Band.

Veja Também


Net @ - sites para internet