CCR SPVias e Artesp distribuem panfletos sobre “Queimadas às margens das rodovias”

897 0

Fonte: Rafaele Lidiane Breves

Panfleto Queimadas 2016_Gráfica
Panfleto Queimadas 2016_Gráfica

Sabendo que o tempo seco, as altas temperaturas e o vento forte neste período do ano contribuem para o aumento no número de queimadas às margens da rodovia, a CCR SPVias e a Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo) distribuirão, a partir desse sábado, 5 de agosto, 20 mil panfletos nas dez praças de pedágio da Concessionária.
O objetivo da campanha, em complemento às ações da Operação Corta Fogo, é, segundo o gestor de atendimento da CCR SPVias, Luiz De Donno, conscientizar os motoristas e os moradores que moram às margens das rodovias. “Uma das principais causas de queimadas nas rodovias é o lançamento de bitucas de cigarros pelas janelas dos veículos, que serve de ignição para o incêndio na vegetação seca. Além disso, grande número de focos é provocado pela população vizinha à estrada ou transeuntes, principalmente nas áreas mais próximas aos aglomerados urbanos”, afirma.
O panfleto que será distribuído contém dicas de como o motorista deve agir em caso de avistar fumaça na pista. Uma das orientações é “se avistar um foco de incêndio às margens da rodovia, reduza a velocidade”. Além disso, o material também informa o telefone do Disque CCR SPVias (0800 703 5030) que pode ser acionado gratuitamente, 24h, todos os dias da semana.

Operação Corta Fogo
A Operação Corta fogo visa garantir, durante o período de tempo seco, a segurança do usuário, a integridade dos campos e florestas do Estado de São Paulo e a diminuição dos focos de incêndios no trecho de concessão, prevendo a atuação conjunta que entre a Secretaria do Meio Ambiente, o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil Estadual e outros órgãos.
Para apoiar essa iniciativa, a CCR SPVias está divulgando informações sobre o período de queimadas em seu site (www.spvias.com.br), veiculando mensagens do tema em seus painéis eletrônicos ao longo das rodovias e também intensificando a inspeção em locais com alta incidência de queimadas, a fim de preservar a natureza e a segurança do motorista.

Sobre a CCR SPVias: A CCR SPVias opera uma das maiores malhas rodoviárias do Estado de São Paulo, com 516 quilômetros de rodovias que ligam os municípios de Tatuí, Espirito Santo do Turvo, Araçoiaba da Serra, Itapetininga, Avaré, Itaí, Capão Bonito e Itararé. Fazem parte do sistema as rodovias Castello Branco (km 129 ao 315), Raposo Tavares (km 115 ao 168) João Mellão (km 237 ao 288), Francisco Alves Negrão (km 222 ao 342), Antonio Romano Schincariol e Francisco da Silva Pontes (km 105 ao 213).

Sobre o Grupo CCR: Fundado em 1999, o Grupo CCR é uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina. Controla, atualmente, 3.265 quilômetros de rodovias sob a gestão das concessionárias CCR NovaDutra (SP-RJ), CCR ViaLagos (RJ), CCR RodoNorte (PR), CCR AutoBAn (SP), CCR ViaOeste (SP), CCR RodoAnel (SP), Renovias (SP), CCR SPVias (SP) e CCR MSVia (MS). Também faz parte do controle acionário da concessionária ViaRio, responsável pela construção e operação do Corredor Expresso Transolímpica, no Rio de Janeiro. O Grupo CCR atua ainda em negócios correlatos, tendo participação de 34,25% na STP, que opera o serviço de cobrança automática de pedágios e estacionamentos. O Grupo CCR também atua no setor de transmissão de dados de alta capacidade por meio da Samm, empresa prestadora de serviços de comunicação multimídia e conectividade IP com mais de 4.700 quilômetros de fibra óptica subterrânea. Além disso, o Grupo CCR está presente no segmento de transporte de passageiros por meio das concessionárias ViaQuatro, CCR Barcas e CCR Metrô Bahia, responsáveis, respectivamente, pela operação da Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo, pelo transporte aquaviário de passageiros no Rio de Janeiro e pelo sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, além de ter participação na concessão do VLT Carioca (Veículo Leve sobre Trilhos), que interligará a região portuária e o centro do Rio de Janeiro. O grupo ingressou, em 2012, no setor aeroportuário, com a aquisição de participação acionária nas concessionárias dos aeroportos internacionais de Quito (Equador), San José (Costa Rica) e Curaçao. No Brasil, possui a concessionária BH Airport, responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, a CCR assinou o Pacto Global da ONU e, em 2015, faz parte da carteira teórica do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial), da BM&FBovespa, pelo quarto ano consecutivo. Emprega, atualmente, cerca de 13 mil colaboradores.

Veja Também

%d blogueiros gostam disto:

Net @ - sites para internet