Sorocaba vence Rondon nos pênaltis e vai à final da Liga Nacional de Futsal

508 0

Sorocaba de Falcão devolve o placar de 2 a 1 no tempo normal, vence nos pênaltis – por 2 a 0 – e enfrenta o Corinthians na final da da Liga Nacional de Futsal de 2016

Por GloboEsporte.com
Marechal Rondon

O Sorocaba de Falcão venceu o Marechal Cândido Rondon na decisão por pênaltis na manhã deste domingo e garantiu vaga na final da Liga Nacional de Futsal. O time paulista venceu por 2 a 1 no tempo normal, devolvendo o placar da ida e levando para a prorrogação. Após a igualdade persistir na prorrogação, o Sorocaba venceu por 2 a 0 nos pênaltis em jogo realizado no ginásio Ney Braga, em Marechal Cândido Rondon, no interior paranaense.
Os paranaenses começaram a partida deste domingo com Deivid, Biel, Parrel, Gustavinho e Barbosinha. Já os paulistas, com Tiago, Rodrigo, Mithyuê, Xande e Simi. No primeiro tempo, Barbosinha (Rondon) e Rodrigo (Sorocaba) balançaram as redes. No segundo, Simi (Sorocaba) virou o placar a 1’20” do fim e levou a disputa para a prorrogação. Nos pênaltis, Deivid e Gustavinho perderam para os mandantes. Já Rodrigo e Simi converteram para os visitantes.
As partidas entre Sorocaba e Corinthians, pela final da Liga Nacional, estão marcadas para os dias 5 (segunda-feira) e 12 de dezembro (segunda). Em caso de dois resultados iguais, a finalíssima seria disputada no terceiro jogo, marcado para o dia 15, uma quinta-feira.

Primeiro tempo: tudo igual
Os times protagonizaram um duelo equilibrado desde o início. O Marechal Rondon – apesar de jogar pelo empate – levava perigo ao gol. Gustavinho parou no goleiro Tiago; já Biel e Pelé erraram o alvo. O Sorocaba chegava pouco ao ataque, mas também assustava. Rodrigo tentou duas vezes e ficou no quase. Com isso, o técnico Fernando Ferretti colocou Falcão em quadra quando o cronômetro marcava 14’30”. O craque, porém, não conseguiu mudar o panorama da partida, que seguiu lá e cá, mas com as fortes marcações prevalecendo sobre os ataques.
O jogo só esquentou no final. O próprio Falcão recebeu livre na frente, mas Deivid fechou o ângulo e salvou. Depois, Barbosinha bateu de esquerda e viu a bola explodir na trave. Faltando menos de dois minutos, os gols enfim saíram. Barbosinha – mais uma vez ele – soltou a bomba. O goleiro Tiago espalmou para cima, mas a bola acabou caindo dentro do gol – 1 a 0. Logo depois, Falcão deu passe precioso, desmontando a defesa paranaense, e Rodrigo soltou a bomba para deixar tudo igual no primeiro tempo – 1 a 1 no Ginásio Ney Braga.

Segundo tempo: virada do Sorocaba
Assim como na etapa inicial, o Rondon buscou o gol nos primeiros minutos. O goleiro Deivid arriscou duas vezes em chutes de longe e tirou tinta da trave. Jabá e Cristian Alfinete pararam no goleiro adversário. O Sorocaba, apesar de precisar do gol, jogava fechado e apostava nos contra-ataques. Em um deles, Cris Negão cortou para trás e quase marcou gol contra – Deivid, batido no lance, só acompanhou ela saindo perto do ângulo. O lance acordou a equipe paulista, que passou a rondar a área do Marechal Rondon e a arriscar mais.
Como o empate persistia, o Sorocaba colocou goleiro linha – Pixote – faltando 7’14”. Mas o time visitante pecava nas saídas de bola, e Barbosinha e Biel quase aproveitaram. No final, o time de Fernando Ferretti partiu com tudo para cima, e o jogo ficou ainda mais emocionante. De um lado, Daniel tocou por cobertura, e Kauê salvou o Rondon em cima da linha. De outro, o goleiro Deivid tentou surpreender na reposição rápida e mandou à direita do gol. E, faltando 1’20”, Simi virou o placar após envolvente troca de passes e levou a decisão para a prorrogação.

Prorrogação e pênaltis
nervosismo pareceu ter tomado conta dos dois times. Marechal Cândido Rondon e Sorocaba tinham dificuldades para criar lances de perigo, cometendo até erros bobos. Com isso, os goleiros tinham pouco trabalho. Mas quando exigidos… Tiago espalmou após Rodrigo finalizar no ângulo. E Deivid defendeu tentativa de Falcão em chute rasteiro.
Na decisão por pênaltis, Deivid e Gustavinho desperdiçaram para os paranaenses. Já Rodrigo e Simi converteram para os paulistas.

Escalações de Marechal Rondon e Sorocaba neste domingo
Rondon: Deivid, Biel, Parrel, Gustavinho e Barbosinha. Reservas: Dalton, Eduardo Jabá, Cris Negão, Cristian Alfinete, Pelé, Kauê, Ronaldo, Deivão e Djaelson. Técnico Paulinho Sananduva.

Sorocaba: Tiago, Rodrigo, Mithyuê, Xande e Simi. Reservas: Luan, Neguinho, Ricardinho, Keko, Diego, Falcão, Pixote, Charuto e Daniel. Técnico Fernando Ferretti.

sorocaba-futsal
Legenda – Marechal Rondon e Sorocaba fazem jogo equilibrado, mas paulistas vencem nos pênaltis (Foto: Reprodução/SporTV)

Veja Também


Net @ - sites para internet