EXECUTIVO – Prefeitura busca entendimento sobre a questão do canal 7 de Avaré

425 0

Para esclarecer os fatos ocorridos com o canal 7 de Avaré, o prefeito Poio Novaes agendou reuniões com a direção das duas emissoras envolvidas na questão da retransmissão de sinal de televisão no canal outorgado ao município.
Na última semana, Poio se reuniu com representantes da TV Século 21 para explanar à equipe de engenharia técnica da emissora os problemas ocorridos com o canal. Acompanharam o encontro com o o departamento jurídico e a direção geral da rede de televisão católica, o vice prefeito Aparecido Fernandes (Gato), o consultor jurídico do prefeito, Dr. Marcelo Ornellas, e o secretário de Comunicação, Lucas Mota.
A Século 21 opera em Avaré desde 2004, quando o então prefeito Wagner Bruno cedeu a ocupação do canal 7. A emissora teve a concessão renovada pela Prefeitura em 2009, 2011 e em 2013 (já no mandado de Poio). O prefeito detalhou que a autorização concedida à retransmissora da TV Globo em Avaré para ocupar o canal outorgado ao município lhe foi dada pela emissora interessada com informações erradas. A autorização não mencionava a Século 21 como atual geradora de sinal no canal 7, mas sim a TV Bandeirantes, que por sua vez já opera normalmente no canal 9. “Jamais tomaria a decisão de tirar um canal de quem quer que fosse”, disse.
Poio disse também que a Prefeitura não recebeu nenhuma comunicação oficial da TV Tem informando da ocupação do canal até então operado pela Século 21. Não houve um planejamento de datas para uma divulgação prévia fosse executada. “Me senti lesado, a divulgação ocorreu um dia após a migração para o canal 7”, informou.
Nesta semana, o prefeito vai se reunir com representantes da TV Tem a fim de propor soluções para que a emissora mantenha seu sinal em Avaré, mas ao mesmo tempo não prejudique o serviço prestado pela Século 21. A Prefeitura espera que a emissora viabilize junto ao Ministério das Comunicações seu espaço no canal 26 já reservado a ela no Plano Digital de Transmissão de TV feito pela Anatel em conjunto com todas as emissoras do Brasil. O canal 36 antes ocupado pela TV Tem hoje tem concessão à CNT de Curitiba.

Veja Também


Net @ - sites para internet