SAÚDE Estoques das farmácias da Saúde começam a ser informatizados

486 0

Com o lançamento, em dezembro, do Hórus, o Sistema Nacional da Assistência Farmacêutica, pelo Ministério da Saúde, a Prefeitura iniciou a informatização das farmácias da rede pública municipal para acompanhamento individualizado do uso de medicamentos e o controle da distribuição e do estoque em tempo real.
Inicialmente, o sistema foi implantado em quatro farmácias dos postos de saúde que ficam nos bairros Paraíso, Paineiras, Bonsucesso e Jardim Brasil. Em breve a Prefeitura planeja estender o serviço para as outras 8 farmácias municipais e também para o almoxarifado central da Secretaria da Saúde.
A entrega de medicamentos aos usuários, entretanto, continuará sendo feita através da apresentação da receita médica válida e do cartão SUS em nome do paciente, orienta a coordenadora de assistência farmacêutica, Denise Cristina de Oliveira Lopes.
“O sistema permite ainda, entre outras funcionalidades, o controle de estoque dos medicamentos distribuídos e dispensados, o perfil de consumo, o acompanhamento do uso dos medicamentos e ainda a geração de dados para o desenvolvimento de indicadores de assistência farmacêutica para auxiliar no planejamento, avaliação e monitoramento das ações nessa área”, revela a coordenadora.

Tecnologia
O software é integrado ao Cartão Nacional de Saúde e ao Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde. Com o programa, as pessoas vão conhecer o custo de cada remédio na hora em que o receberem. Com isso, a Secretaria da Saúde poderá controlar a regularidade em que os medicamentos são fornecidos e saber se o paciente foi buscá-los na data marcada.
“O Hórus permite a melhoria da qualidade da informação, do gasto e da segurança dos pacientes, pois eles vão poder tomar os medicamentos na dose e na data corretas”, explicou a farmacêutica Denise.

Veja Também


Net @ - sites para internet